sexualidade

Metade dos brasileiros está insatisfeita com a vida sexual, diz pesquisa

Tabus são fatores que podem afetar a satisfação dos casais brasileiros
Tabus são fatores que podem afetar a satisfação dos casais brasileiros

Ao mesmo tempo em que metade (49%) dos brasileiros afirma ter mais de três relações sexuais por semana, praticamente a mesma proporção de pessoas no país está insatisfeita nesse quesito. Pelo menos é isso que indica a Durex Global Sex Survey, pesquisa feita com 1.004 participantes no Brasil, entre 18 e 65 anos, a pedido da marca de preservativos Durex. De acordo com os dados do estudo, o descontentamento existe para 51% dos homens e 56% das mulheres.

Isso contrasta com a informação de que, para a maioria dos homens (69%) e mulheres (58%), satisfazer o parceiro é um dever. O levantamento, feito a cada dois anos em 37 países, tem a intenção de traçar um perfil sexual da população, e avaliar suas dúvidas e aspirações. Em meio a números e diferentes comportamentos, é possível ver que, por trás da aparência liberal, o brasileiro ainda tem relacionamentos permeados por tabus.

Um exemplo disso é o fato de que só 7% das pessoas afirmam não ter tabus. Segundo a Durex Global Sex Survey, 65% dos homens e 63% das mulheres declararam ter dificuldade de admitir que têm problema sexual. Apesar de os números serem parecidos, são as mulheres que parecem sofrer mais com isso. Enquanto 52% dos homens disseram que sempre atingem o orgasmo em suas relações sexuais, somente 22% delas deram a mesma resposta. Além disso, 51% das mulheres já sentiram dor durante o ato sexual e 32% já perderam a libido em algum momento da vida.

Outros reflexos dos tabus em torno do assunto na sociedade brasileira são as questões sobre sexo no primeiro encontro e traição. As mulheres ainda se mostram mais conservadoras nesses dois aspectos, apesar de estarem mais flexíveis em relação ao passado. A pesquisa mostrou de 39% delas ainda consideram errado fazer sexo já no primeiro encontro, enquanto 24% deles pensam da mesma forma. Sobre traição, 91% das mulheres consideram que fazer sexo com outra pessoa é uma maneira de ser infiel. O número cai para 78% quando o mesmo é perguntado para os homens.

Apesar dos dados não tão satisfatórios e dos tabus, a pesquisa mostra também o lado positivo da sexualidade brasileira. Para a maior parte dos entrevistados (69%), é possível manter o desejo vivo até mesmo em relacionamentos de longo prazo. Além disso, se comparado com o resto do mundo, o perfil do brasileiro pareceu ser mais liberal, indo além da penetração para obter prazer. Os números do país superaram a média mundial em todos os quesitos que diziam respeito a sexo oral, masturbação, massagem sensual e penetração anal.

O Brasil também superou os outros países no que diz respeito ao uso de preservativo na primeira relação. Entre brasileiros, o índice foi de 66%, enquanto na Grécia, que ficou em segundo lugar, foi de 65,5% e na Coreia do Sul foi de 62,8%, ficando em terceiro.

Confira a seguir alguns dos números revelados na pesquisa.

Homens (%) Mulheres (%)
Insatisfeitos 51 56
Têm dificuldade de assumir problema sexual 65 63
Sempre chegam ao orgasmo 52 22
Quase sempre chegam ao orgasmo 14 18
Com muita frequência chegam ao orgasmo 9 9
Com alguma frequência chegam ao orgasmo 14 19
Às vezes chegam ao orgasmo 6 18
Raramente chegam ao orgasmo 3 10
Nunca chegam ao orgasmo 0 3
Já sentiram dor durante o ato 51
Já tiveram perda de libido durante a vida 16 32

 

Frequência %
Mais de 3 vezes por semana 49
Uma a duas vezes por semana 33
Pelo menos uma vez por semana 82
Uma vez por mês 15
Diariamente (homens) 12
Diariamente (mulheres) 5

 

Tempo para preliminares % Duração do ato %
0 a 5 minutos 15 0 a 5 minutos 13
6 a 15 minutos 40 6 a 15 minutos 36
16 a 30 minutos 32 16 a 30 minutos 33
Mais de 30 minutos 13 Mais de 30 minutos 17

 

Tabus Homens (%) Mulheres (%)
Não aprovam sexo no primeiro encontro 24 39
Aprovam sexo no primeiro encontro 58 40
Não aprovam nem desaprovam sexo no primeiro encontro 17 21
Fazer sexo com outra pessoa é traição 78 91

 

Benefícios do sexo Homens (%) Mulheres (%)
Melhora o humor 63 72
Diminui o estresse 59 67
Faz sentir-se mais saudável 61 59
Tornam-se parceiros melhores 54 48
Sentem-se mais atraentes 26 25

 

Versalidade na cama Brasil (%) Mundo (%)
Receber sexo oral 50 33
Fazer sexo oral 48 32
Receber masturbação 36 22
Fazer masturbação 34 21
Fazer ou receber massagem sensual 22 16
Fazer ou receber penetração anal 18 6

Fonte: http://exame.abril.com.br/estilo-de-vida/noticias/vida-sexual-do-brasileiro-esta-meia-boca-diz-estudo

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s