adolescência, psicologia

Quando levar meu filho a um psicólogo?

Uma dúvida frequente é o momento ideal de levar o filho a um psicólogo, afinal, às vezes uma mudança de comportamento pode representar apenas uma fase do desenvolvimento pessoal e às vezes uma boa conversa em família já resolve o problema.

No entanto, se o comportamento disfuncional da criança for persistente, em geral quando acontece algum trauma como a separação dos pais ou mudança de escola, é hora de considerar a ajuda de um especialista. Segundo um artigo no blog Leiturinha feito pela psicóloga Sarah Helena, há sinais bem claros de que a criança precisa de um psicólogo.

  1. Alteração brusca ou exagerada no comportamento: há casos em que a criança muda o comportamento de modo brusco sem ser um problema, mas alguns sinais como urinar na cama; alterações no apetite (para mais ou para menos) e problemas na escola com comportamento ou aprendizagem são claros sinais de que algum problema está ocorrendo;
  2. Agressividade: o comportamento agressivo, quando não é resolvido dentro do ambiente familiar, é um sinal de que algum sentimento está mal resolvido;
  3. Agitação e inquietude: muitas vezes diagnosticada erradamente como TDAH e medicada sem necessidade, a criança às vezes fica inquieta também por sentimentos mal resolvidos. Uma mudança de comportamento nele ou nos pais pode resolver o problema;
  4. Problemas escolares: dificuldade em aprender, ou problemas comportamentais como ser o autor de bullying ou sofrê-lo;
  5. Regressão de alguma fase do desenvolvimento: essa é mais comum quando chega um irmão mais novo ou em situações em que a criança fica insegura.
  6. Saúde prejudicada sem causas biológica: se não há uma causa biológica ou física para uma doença, é capaz da criança estar apresentando no corpo algum problema psicológico.

O psicólogo infantil trabalhará dentro do universo da criança e as sessões de terapia são lúdicas, com jogos, desenhos e todas as questões da criança são abordadas através desta linguagem. Já os pais precisam estar presentes em todo o processo e observar o comportamento da criança dentro de casa para auxiliar o trabalho do psicólogo. Em muitos casos, é recomendado que eles frequentem um terapeuta para ajudar no desenvolvimento psíquico mais saudável do filho.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s