Sinceridade é uma grande virtude quando utilizada com bom senso
comportamento

Sinceridade é uma grande virtude quando utilizada com bom senso

Já diria John Lennon “ser verdadeiro não te trará muitos amigos, mas trará os amigos certos”. Ser sincero é uma característica muito positiva em nossa personalidade e traz diversos benefícios tanto para si quanto para os outros. Demonstra autenticidade, coragem, confiança, autoconfiança, maturidade, traz amigos sinceros e evita muitos problemas no médio e longo prazo, mesmo que represente um desafio no início.

Além de tudo isso, pessoas que são verdadeiras com si mesmas não se permitem ir à lugares que não gostaria só pelo medo de não ser aceita e também não mantém relacionamentos que não lhe fazem bem. Aprender a dizer “sim” e “não” sem culpa é ótimo, e você não deve viver sua vida visando agradar o outro.

No entanto, até mesmo para ser sincero é necessário ter bom senso e o psicólogo consegue orientar o paciente a administrar seus pensamentos e agir de modo adequado em determinada situação. A linha entre a sinceridade e a franqueza desmedida é muito tênue, e este último é visto pelos psicólogos como falta de autocontrole ou até mesmo falta de bom senso. A gente deve sempre falar a verdade, mas não ao ponto de ferir o outro.

Um exemplo seria sobre a roupa que uma pessoa que você tem intimidade está vestindo. Caso você não goste e ela venha pedir uma opinião, ao invés de dizer que “está horrível”, você pode dizer com delicadeza algo como “não gostei, essa roupa não te valoriza. Acho melhor ‘tal’ roupa”.

Outro caso seria algum amigo que está muito deprimido por ter sido demitido do trabalho, sendo por atitudes que ele, de fato, teve. Ao invés de você fazê-lo se sentir pior, acusando-o mais ainda, escute tudo, e ao dizer alguma coisa fale coisas como “é uma oportunidade de você aprender com essa experiência“, “agora é hora de focar em outros projetos”, “mas você também fez isso de bom”, e aí aponta algum valor que essa pessoa, de fato, tenha.  O objetivo deve ser sempre a construção do outro para uma relação saudável.

Outros cuidados na hora de ser sincero em determinadas situações incluem:

  • Escolher bem as palavras na hora de reclamar sobre algo que te desagrada. Ser grosseiro piora as coisas;
  • Evitar perguntas indiscretas;
  • Se precisar criticar alguém, faça, mas escolhendo o momento certo e usando os termos adequados;
  • Em determinada situações sociais onde há fofocas, você pode ficar em silêncio ou simplesmente mudar de assunto. Evitar é sempre melhor;
  • Se for perguntado sobre algo, seja sincero, mas não ofenda;
  • Se não há jeito de dizer algo sem ferir o outro, procure ficar em silêncio.

Com informações de Psicólogo e Terapia

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s