SESC abordará temas de saúde mental gratuitamente no YouTube
comportamento, psicologia

SESC abordará temas de saúde mental gratuitamente no YouTube

Com o objetivo de incentivar a reflexão no contexto desafiador em que nos encontramos, a série Ideias, promovida pelo Sesc São Paulo por intermédio de seu Centro de Pesquisa e Formação (CPF), traz a transmissão ao vivo de debates sobre as principais questões que tensionam a agenda sociocultural e educativa atual.

Sempre às 16h, as conferências acontecem pelo canal do YouTube do Sesc São Paulo, com participação do público e tradução simultânea para a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Entre os dias 17 e 20 de fevereiro, a série Ideias traz debates sobre assuntos diversos, como Luto Coletivo e a Importância do Autocuidado na Quarentena, na quarta-feira (17/02), Instituições de Longa Permanência e o Cenário que a Pandemia Evidenciou, na quinta-feira (18/02) e Subvertendo a Ordem: O Papel dos Impressos, no sábado (20/02), fechando a semana. Para mais informações sobre as mesas e seus participantes, consulte a programação abaixo.

PROGRAMAÇÃO IDEIAS #EMCASACOMSESC

17 de fevereiro, quarta-feira
Luto Coletivo e a Importância do Autocuidado na Quarentena

A pandemia foi a “convocação para o autocuidado”. Nessa travessia de lidar com o desconhecimento de uma nova realidade, as pessoas tiveram que passar pela experiência do luto de um mundo presumido. A imunidade foi ameaçada e humanidade realçada. Nesse sentido, o “nó” se torna “laço” existencial para que se possa encontrar caminhos que ofertem esperança para continuar e recomeçar. O debate propõe uma reflexão sobre a atuação da equipe de saúde – na linha de frente do cuidado e da proteção à pacientes, familiares, bem como a trabalhadores da saúde – na quarentena.

Participantes:

Vania Dias de Oliveira – assistente social, atua no Serviço Social do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro (SS-HUCFF-UFRJ), preceptora do Programa de Residência Integrada Multiprofissional em Saúde do HUCFF. Doutoranda em Serviço Social pelo Programa de Pós-graduação da Escola de Serviço Social da UFRJ.

Karina Okajima Fukumitsu – psicóloga, suicidologista, Gestalt-terapeuta e psicopedagoga, com Pós-doutorado e doutorado em Psicologia pelo Instituto de Psicologia (USP). Mestre em Psicologia Clínica pela Michigan School of Professional Psychology.

Mediação e apresentação:

Jusiléia Rocha de Oliveira – licenciada em Letras pela Universidade Estadual de Londrina – UEL, animadora sociocultural e supervisora de programação do Sesc Interlagos.

18 de fevereiro, quinta-feira
Instituições de Longa Permanência e o Cenário que a Pandemia Evidenciou

Abordar o tema das Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI) traz à tona questões de difícil enfrentamento. No entanto, o contexto da pandemia evidenciou não apenas a existência desses locais, mas, principalmente, a necessidade de reflexão acerca de seu modo de operação. O encontro vai debater a importância das ILPIs – principalmente, num cenário de crescimento da população idosa -, de que maneira os idosos e instituições estão sendo afetados pela pandemia e quais soluções estão sendo encontradas.

Participantes:

Ana Amélia Camarano – economista, PhD em estudos populacionais, pesquisadora do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e professora associada da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ). Membro honorário da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG).

Paulo José Fortes Villas Boas – professor associado da disciplina de geriatria do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina de Botucatu (Unesp). Colaborador da Sociedade de Brasileira e Geriatria e Gerontologia e da Frente Nacional de Fortalecimento das Instituições de Longa Permanência para Idosos.

Mediação e apresentação:

Alessandra Périgo Nascimento – assistente técnica da Gerência de Estudos e Programas Sociais do Sesc São Paulo.

20 de fevereiro, sábado
Subvertendo a Ordem: O Papel dos Impressos

Encontro sobre o livro “Impressos Subversivos: Arte, Cultura e Política no Brasil 1924-1964”, de Maria Luiza Tucci Carneiro, publicado pela Editora Intermeios e Programa de Pós-Graduação de História Social-USP em 2020. Fundamentado em documentos do arquivo do Departamento Estadual de Ordem Política e Social de São Paulo (DEOPS-SP) e nas obras de arte produzidas por artistas consagrados e anônimos, o livro instiga a pensar sobre o papel dos impressos onde arte e ideologia convergem expressando as utopias e as contradições de uma época delineada por duas ditaduras.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s