comportamento, psicologia

Insegurança Emocional nos faz perder oportunidades e sentirmos que não somos capazes

A insegurança emocional surge quando estamos diante de situações que não sentimos que somos capazes de enfrentar sozinhos, o que nos leva a ter um grande desconforto e pensamentos pessimistas.

É normal nos sentirmos desta forma em diversas situações, seja em um novo trabalho ou tendo que fazer uma apresentação para muitas pessoas, sendo um mecanismo de proteção que temos para não agirmos em situações em que, de fato, são prejudiciais e que não estamos preparados. No entanto, isso passa a ser um problema quando a pessoa se sente insegura em qualquer circunstância, mesmo aquelas que era para ela se sentir confortável, e deixa de ter uma vida saudável devido a insegurança.

Segundo um artigo da Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional (Sbie), há vários pontos que demonstram que uma pessoa é insegura, incluindo:

  • Necessidade de demonstrar superioridade, segurança e exibir as próprias conquistas;
  • Medo de arriscar, perdendo diversas oportunidades;
  • Incapacidade de dizer não, pois acreditam que precisam ser boazinhas para serem aceitas;
  • Incapacidade de conhecer suas habilidades e potenciais, enxergando apenas suas limitações;
  • Perfeccionismo excessivo;
  • Hábito de reclamar muito de tudo;
  • Tendência à procrastinação por medo de errar, deixando tudo para última hora;
  • Dificuldade de receber críticas;
  • Medo de ser rejeitado ou desaprovado;
  • Busca por reconhecimento externo e incapacidade de identificar suas próprias qualidades;
  • Hábito de se comparar injustamente com as outras pessoas, olhando apenas seus pontos negativos e os pontos positivos dos outros;
  • Crença de que são incapazes de realizar as tarefas;
  • Incapacidade de falar o que pensam e expor suas ideias;
  • Necessidade de inferiorizar as outras pessoas para se sentir superiores;
  • Dificuldade de crescer, pois não se sentem merecedores.

Algumas características menos óbvias das pessoas inseguras envolvem o egocentrismo, em que ela só fala dela o tempo todo, e até mesmo comportamentos arrogantes e antisociais demonstram justamente o oposto do que ela quer impor aos outros.

As pessoas inseguras perdem muitas oportunidades, seja a possibilidade de um novo emprego, uma prova importante, deixa de ir a determinado lugar por não se sentir “segura o suficiente”. Em relacionamentos amorosos, a pessoa insegura tende a acusar e inferiorizar seu cônjuge, com histórias fantasiosas, ciúmes excessivos, carência e diversos outros pontos que impedem uma relação sadia.

A melhor forma de combater a insegurança é o autoconhecimento, e neste ponto é importante ter a ajuda de um psicólogo para que a pessoa tenha mais saúde mental e desenvolva mais autoconfiança e autoestima.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s