Estresse pode afetar diretamente sua saúde, saiba como combatê-lo
comportamento

Estresse pode afetar diretamente sua saúde, saiba como combatê-lo

O estresse é uma reação comum quando nosso organismo detecta uma ameaça, entrando um estado de “alerta” para fugir ou lutar, aumentando a tensão dos músculos, acelerando o coração, há um aumento da pressão arterial, sudorese, e a pessoa fica potencialmente mais agressiva e irritada.

Esse mecanismo do corpo é uma herança dos nossos ancestrais, que precisavam caçar e estavam constantemente lutando ou fugindo. Já em nosso cotidiano, o cérebro libera os hormônios associados ao estresse com situações que você provavelmente já conhece: atraso no pagamento de boletos, muitas tarefas para realizar em pouco tempo, preocupação com filhos, pressão para cumprir prazos, enfrentar trânsito, desentendimentos etc.

Assim como praticamente em tudo na psicologia, o estresse é normal e funciona em situações específicas para lidarmos com determinada circunstância. No entanto, ela passa a ser um problema quando o estresse é muito agudo e prolongado, podendo afetar diretamente a sua saúde, sendo que os sintomas mais comuns são:

  • Aumento da pressão arterial e, com isso, crescimento do risco de ataques cardíacos e derrames;
  • Problemas intestinais, diarreia e constipação;
  • Aumento ou diminuição drástica do apetite;
  • Ganho ou perda de peso de forma expressiva;
  • Dor de cabeça;
  • Insônia;
  • Diabetes;
  • Demora na cicatrização de ferimentos;
  • Diminuição do desejo sexual;
  • Declínio da memória;
  • Falta de concentração;
  • Pensamentos negativos recorrentes;
  • Gripes frequentes, devido ao enfraquecimento do sistema imunológico;
  • Lesões de pele, como a acne;
  • Perda de energia e vitalidade;

No nosso mundo tão cheio de obrigações e problemas, é difícil arrumar um tempo para você mesmo, mas caso o estresse esteja afetando a sua vida, é importante procurar terapia para que você tenha mais autoconhecimento e aprenda a lidar com as situações da vida de modo mais funcional. Em casos mais graves, é importante aliar a terapia com medicamentos psiquiátricos para aliviar os sintomas.

Outros pontos que podem ajudar a ter uma vida mais calma e feliz incluem:

  • Prática de exercícios físicos: 30-40 minutos de aeróbico diminui a quantidade de cortisol, que alivia o stress;
  • Diminuição da cafeína: muitas pessoas tomam muitas xícaras de café para estarem “ligadas”, mas em excesso podem liberar cortisol e preparar você para o sistema de luta ou fuga;
  • Descansar: aproveite os fins de semana para relaxar, descansar, fazer massagens, ou simplesmente ver um filme. Além disso, procure ter uma boa noite de sono;
  • Alimentos certos: procure os que são ricos em ômega 3, como salmão, truta e sementes de chia. Banana, nozes e amendoim ajudam também no bem-estar físico;
  • Chás calmantes: camomila, maracugina, valeriana, chás de lavanda, ajudam a ter uma boa noite de sono;
  • Administração do tempo: definir objetivos, prioridades e tarefas é fundamental para que a pessoa tenha mais controle sobre a vida e não fique tão estressada.

Com informações do Psicólogo e Terapia e Tua Saúde.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s