comportamento

Perfeccionismo não é virtude se ele prejudica seu progresso

O perfeccionismo é quando temos um padrão muito elevado e rígido para nós, onde precisamos cumprir uma série de requisitos, sendo excessivamente detalhista e, qualquer coisa que saia de seu controle, seu sentimento de autocrítica é rigoroso, resultando em sentimentos de culpa e uma eterna insatisfação com seu desempenho.

Quando bem gerenciado, o perfeccionismo pode ser útil, considerando que a pessoa vai seguir todas as orientações e vai executar as tarefas com eficiência e qualidade. São pessoas que estão mais pré-dispostas a se superarem e ficam felizes quando conseguem cumprir seus objetivos.

Por outro lado, ele se torna um problema quando se tenta alcançar uma “perfeição irreal” e este influencia negativamente o nosso estado emocional. É comum que pessoas sejam perfeccionistas para mascararem baixa autoestima, e esta acaba desenvolvendo outros sintomas como depressão, ansiedade, insônia e até mesmo os distúrbios alimentares como vigorexia e anorexia estão relacionados a esse “ideal de perfeição” irrealista. Ela nunca está satisfeita.

Pessoas que encaram os erros com bom humor tendem a ter uma vida mais leve e feliz, além de que errar faz parte de qualquer processo de aprendizado. O perfeccionismo nasce, na maioria dos casos, de uma criação rígida desde a infância, onde a criança não consegue agradar os pais e passa a vida inteira tentando fazê-lo, mesmo que de forma inconsciente.

Nessas horas um bom psicólogo ajuda a promover o autoconhecimento e ajudará o paciente a encontrar o núcleo de tanta rigidez, passando a perceber o mundo de modo mais maleável.

Com informações da Vittude

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s