comportamento

Transtorno Obsessivo-Compulsivo: o exagero do perfeccionismo leva a uma vida de sofrimento

O transtorno de personalidade obsessivo-compulsivo é caracterizado por um excesso de perfeccionismo, escrupulosidade, verificações, rigidez excessiva, que pode ser acompanhado de pensamentos ou impulsos repetitivos e intrusivos.

Pessoas com esse transtorno tentam ter o controle das situações através de um exagero de atenção às regras, detalhes triviais, procedimentos, listas, horários ou formalidades, o que de longe pode parecer aos outros alguém organizado e eficiente, mas as pessoas que estão perto percebem um desgaste emocional grande tanto para si quanto para os outros. Podem ficar incomodados de modo exagerado com atrasos e inconvenientes, gerando sentimentos de ansiedade.

Estudos da área de psicologia observaram que pessoas com esse transtorno nasceram em um ambiente coercitivo em que os comportamentos preventivos são constantemente reforçados por uma diminuição na ansiedade. Quando a criança cometia erros, ela era severamente punida por aqueles que cuidavam dela.

  • Entre os sintomas da pessoa obsessiva e compulsiva estão:
  • Sentimentos de dúvida constante e cautela excessiva;
  • Preocupação com detalhes, regras, listas, ordem, organização ou programa;
  • Perfeccionismo que interfere com a conclusão da tarefa;
  • Excessiva conscienciosidade, escrúpulos e preocupação excessiva com a produtividade a ponto de prejudicar relacionamentos interpessoais;
  • Pedantismo excessivo e adesão às convenções sociais;
  • Rigidez e teimosia;
  • Insistência irracional pelo indivíduo em fazer os outros seguirem exatamente o seu jeito de fazer as coisas ou relutância irracional em permitir que outros façam as coisas do seu próprio jeito;
  • Intrusão de pensamentos repetitivos e intrusivos ou impulsos.

O tratamento é a união entre a psiquiatria e a psicologia, considerando que os remédios inibidores de recaptação de serotonina tendem a diminuir a ansiedade causada pelos rígidos padrões de comportamento, enquanto um psicólogo vai levar a pessoa ter uma relação mais saudável e racional, levando-o a uma vida menos disfuncional.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s