psicologia

Descubra qual dos 12 arquétipos de Jung é o seu

O criador da psicologia analítica, Carl Jung, teorizou que em nosso inconsciente nós temos arquétipos que são, basicamente, ideias pré-concebidas a respeito de alguma coisa com base no senso comum.

Jung entendia que nós não nascemos “como uma folha em branco”, mas sim com características inatas que são resultado da evolução social. Ou seja, nós temos uma “herança psicológica” que vem junto com nossa “herança biológica”.

Dentro desse contexto, Jung defende que todos nós possuímos vários arquétipos que estão presentes na construção da nossa personalidade, apesar de que existe sempre um arquétipo dominante e outros dois secundários.

Arquétipos de Jung. Fonte: Douglas Maluf

Os 12 arquétipos de Jung:

  1. Inocente: otimistas, sonhadores e esperançosos, as pessoas com esse arquétipo evitam ao máximo o conflito e podem apresentar certa ingenuidade. Seu principal objetivo é ser feliz;
  2. Sábio: pessoas lógicas, que buscam a verdade por meio do conhecimento. São métodicos e tendem a ser detalhistas, com o desafio de ficar presos em pequenas coisas e agir pouco;
  3. Aventureiro: buscam liberdade, são ousados e independentes. Buscam uma vida sem rotina e com autenticidade, tendo medo de se tornar conformista;
  4. Rebelde: são aqueles que questionam, provocam e quebram as regras vigentes, tendo o objetivo de transformar a realidade que se apresenta. No entanto, tem uma tendência a autodestruição;
  5. Mago: esse é intuitivo, visionário e inventor, não dando importância a questões objetivas e lógicas. São aqueles que tem crenças, buscam as religiões e têm o desejo de compreender o universo. Seu desafio é barrar a tendência à manipulação, idealismo e solidão;
  6. Herói: gosta de ser protagonista, é corajoso e cheio de vitalidade. Tem atitudes grandiosas e buscam sempre o bem maior, tendo uma causa e uma bandeira que defende. Seu desafio é lidar com excesso de ambição e a arrogância;
  7. Amante: São intensos, sensuais e possuem grande senso estético e movidas pelo desejo de parceria, não só no amor romântico, mas em todas as formas. Seu desafio é tomar cuidado com o desejo intenso de encantar o outro;
  8. Comediante: também chamado de bobo da corte, essas pessoas pautam a vida pela diversão, leveza e espontaneidade, não temendo o que os outros vão pensar. Gostam de ser divertidos, mas tendem a ser superficiais;
  9. Comum: realista e simples, estas pessoas não querem se destacar, mas pertencer a algum lugar. Geralmente é o bom vizinho, o funcionário responsável, e aquela pessoa que não tem grandes pretensões na vida, mas cumpre suas funções;
  10. Prestativo: são as pessoas altruístas, cheias de compaixão e que protegem os outros. Gostam de cuidar e ajuda os outros. Seu maior desafio é justamente não “carregar as dores de todo mundo” e não sufocar quem os rodeia;
  11. Governante: são pessoas líderes e trabalham com a excelência e responsabilidade, atuando muito bem diante de regras claras. Tem necessidade de controle e poder e tendem a ser inflexíveis;
  12. Criador: são pessoas imaginativas, que gostam da arte e são inovadoras. mpre em busca de harmonia e também de reconhecimento. É semelhante ao explorador, no sentido de buscar novas soluções para situações arcaicas e defasadas. Geralmente, é perfeccionista e se recusa em ficar preso na mediocridade. Seu desafio é a inconstância e pensar muito mais do que agir.

Com informações de Douglas Maluf

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s