psicologia

Como criar um novo hábito segundo a psicologia

O hábito é caracterizado pela repetição de determinado padrão de comportamento, que pode ser positivo ou negativo dependendo de nossas escolhas. Em termos leigos, seria como se fizéssemos algo no “piloto automático. Muitos tentam mudar seu hábitos para terem novas rotinas, mas isso aparenta ser desafiador. No entanto, o que a ciência diz sobre isso?

Segundo o doutor em psicologia André Rabello, a construção de um novo hábito depende da superação de alguns obstáculos que fazem a maioria das pessoas desistirem, o que inclui:

1 – Querer estar sempre motivado/inspirado: uma pessoa que quer criar um novo hábito geralmente inicia com uma enorme disposição para fazer aquilo, mas ao longo dos dias acaba perdendo a motivação. O melhor exemplo disso é a atividade física. André Rabello diz que para construir um hábito, devemos fazer aquela atividade sempre, independente de estar motivado ou não.

2 – Tentar mudar repentinamente e drasticamente: as pessoas tendem a querer mudar um hábito mudando drasticamente seu estilo de vida de “uma hora para a outra”, sendo algo que nosso cérebro não está acostumado. Uma pessoa sedentária que quer começar a se exercitar pode querer malhar pesado e ficar muitas horas na esteira para ter uma evolução rápida, mas em pouco tempo ela perderá o autocontrole e voltará ao velho hábito de ficar vendo televisão série.

3 – Ser gradativo e começando pelo mais fácil: segundo Rabello, a gente pode “passar a perna” em nosso cérebro ao nos comprometermos a fazer uma versão bem “leve” e “fácil” daquilo que nos propomos, sendo algo tão “ridículo” que seria “vergonhoso” se não fizermos. Dessa forma, a gente se obriga a começar, que é a parte mais difícil. Se pegar muito leve, não exigirá esforço, não será difícil de fazer, e você estará condicionando seu cérebro a um novo hábito. Depois, naturalmente a gente aumentará nossos esforços gradativamente. Um bom exemplo seria começar a ler um livro. Se a pessoa quer começar a ter esse hábito, ela pode se comprometer a ler apenas UMA página por dia que, em pouco tempo, ela estará lendo duas, depois três, e assim formará um novo hábito.

A lógica por trás da construção de um novo hábito se dá pela constância, pois se dependermos da nossa motivação e vontade de fazer as coisas, teremos resultados muito irregulares.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s