fisioterapia, saúde masculina

O que o tratamento da dor crônica tem a ensinar sobre fisioterapia nas disfunções sexuais (masculinas)?

Hoje é sabido que o tratamento da dor crônica, especialmente a lombar, segue o modelo biopsicossocial. Estudos com terapia comportamental e educação em dor têm se mostrado tão efetivos quanto a intervenção fisioterapêutica em si.  Há pesquisas que chegam a mostrar que a simples crença do fisioterapeuta na aplicação da técnica de reabilitação faz com… Continuar lendo O que o tratamento da dor crônica tem a ensinar sobre fisioterapia nas disfunções sexuais (masculinas)?

saúde masculina, sexo

Humm… Doeu! | Mauro Barbosa Jr

Daí você está com sua parceira, ou seu parceiro, e depois de muitos beijos e carícias, chegam às vias de fato: a penetração!  E mesmo com toda a excitação, levando a uma boa ereção, na hora e durante penetração aparece a dor no pênis... Hummm. Dispareunia é a dor no genital persistente ou recorrente associada… Continuar lendo Humm… Doeu! | Mauro Barbosa Jr

Antologia, arte, comportamento, crônicas, depressão, filosofia, psicologia, relacionamento, solidão

Tatuagem – Metamorfose de Risco

Por que as pessoas tatuam-se tanto? Por Joaquim Leães de Castro O corpo como inimigo implacável a ser combatido. Trata-se de uma ruptura com o ordinário e com a estabilidade da relação corporal numa tentativa de fugir dos modelos dominantes hegemônicos e aceitos. Uma performance sensitiva onde se sente (e que se faz sentir no… Continuar lendo Tatuagem – Metamorfose de Risco

psicologia, relacionamento

“A dor da perda nunca passa, mas é possível encontrar um lugar no coração para ela”

Todo mundo já passou ou vai passar pelo processo de luto em algum momento da vida. O que fazer com a dor da perda e como transformar a saudade triste em memória boa são os maiores desafios dos enlutados Débora Rubin - Especial para Saúde!Brasileiros Já faz quinze anos que Alice Davanço Quadrado perdeu a… Continuar lendo “A dor da perda nunca passa, mas é possível encontrar um lugar no coração para ela”

crônicas, redes sociais

Nina Lemos: “Nunca conheci quem tivesse sido tão feliz como nas redes sociais”

Por Nina Lemos Chega! Cansei! Eu tenho inveja de mim no Instagram. A minha vida não é tão boa quanto parece lá! O que estamos querendo provar? Para quem? A sua vida não é tão perfeita como a vida da Rihanna e nem a vida dela é perfeita "Sabe o que me dá mais ódio?… Continuar lendo Nina Lemos: “Nunca conheci quem tivesse sido tão feliz como nas redes sociais”