notícias

Rafaela Silva afirma que frequentar a psicóloga foi um dos motivos de não abandonar o esporte

A desclassificação nas Olimpíadas de Londres em 2012, após dar um golpe ilegal na adversáriahúngara Hedvig Karakas, nas oitavas de final da categoria peso-leve, foi o pior ippon levado porRafaela Silva em toda a sua vida. Abalada pelas críticas, a judoca achava que não tinha a motivação necessária para continuar e admitiu que pensou em… Continuar lendo Rafaela Silva afirma que frequentar a psicóloga foi um dos motivos de não abandonar o esporte